Blog do Deco Bancillon

Após perder também no Arizona, Trump dá adeus ao ‘paraíso’ da Casa Branca

Após perder as eleições para Joe Biden também no estado do Arizona, Donald Trump consolidou sua derrota e já pode esquecer as chances de se manter no cargo de preesidente dos Estados Unidos, naquele cargo que é considerado por muitos como o mais importante da terra, ou o paraíso de qualquer político mundial.

Chargista Pedrinho Chan ilustra "adeus" de Trump do "paraíso" da Casa Branca

DECO BANCILLON E PEDRINHO CHAN | BRASÍLIA

Bye, bye, Casa Branca…

Após perder as eleições para Joe Biden também no estado do Arizona, Donald Trump consolidou sua derrota e já pode esquecer as chances de se manter no cargo de preesidente dos Estados Unidos, naquele cargo que é considerado por muitos como o mais importante da terra, ou o paraíso de qualquer político mundial.

Com os 11 votos do colégio eleitoral do Arizona, Biden agora soma 290, contra 217 de Trump. Apenas lembrando que, para conquistar a presidência, são necessários 270. Trump, no entanto, ainda não admitiu a derrota. Vai tentar todos os recursos para se manter na Casa Branca.

Para isso, se apega aos resultados das eleições nos estados da Carolina do Norte e Geórgia, onde ele talvez possa conseguir se sair vencedor. Como ele já não pode mais alcançar os 270 votos, Trump também precisa tentar reverter os resultados já contabilizados nos outros estados e que deram avitória ao democrata Joe Biden.

É uma tarefa difícil, pois até agora nenhuma denúncia de fraude nas eleições foi comprovada, o que coloca em xeque o discurso do presidente republicando, que vem alegando que os votos pelos Correios estariam fraudados.

A intenção de Trump é levar a batalha para a Suprema Corte norte-americana, onde ele tem maioria de votos.

Mas, há quem acredite que mesmo juízes conservadores, cientes do tamanho da responsabilidade que carregam em seus cargos vitalícios, não se sujeitariam a inviabilizar a eleição mais vigiada do planeta.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments